GP XING LING

No GP da China, Lewis Hamilton fez o seu terceiro Grand Chelem [mais conhecido como a corrida perfeita, que é quando o piloto faz a pole, a melhor volta e vence liderando de ponta a ponta] na categoria, os outros foram no GP da Malásia, na Temporada 2014, e no GP da Itália, na Temporada 2015. Ou seja, todos na equipe Dona Mercedes.

circo da f1
Xing Ling

Apesar de não ter vencido, Max Verstappen foi o maior vencedor do GP da China. Parece contraditório, mas não é. O holandês saiu de uma terrível décima sexta posição para um pódio e ainda conseguiu pular para terceiro na classificação geral, deixando para trás Kimi Raikkonen, Valtteri Bottas e seu companheiro de equipe, Daniel Ricciardo. Max foi o nome da corrida, fazendo ultrapassagens numa pista molhada. Tudo o que os fãs de automobilismo gostam.

Sebastian Vettel não venceu, mas pareceu bem feliz com o segundo lugar, afinal, o alemão deveria ter sido punido por colocar o carro em posição irregular para a largada.
Mas o real motivo para a alegria de Sebastian é saber que agora tem carro para vencer e, quem sabe, disputar o título, coisa que só fez contra Fernando Alonso, nos tempos Red Bull Racing VS Scuderia Ferrari.

vettel
Vettel longe de estar no lugar certo

Os finlandeses não tiveram um bom desempenho. Valtteri Bottas errou feio. Kimi Raikkonen, de novo, nada fez.

Outro ponto bacana do GP da China, apesar das arquibancadas vazias, mostra o engenheiro da Mercedes, chamando Valtteri de Nico, na volta 47. Disse o engenheiro: “We still have potential for P4 here, Nico… Valtteri, so just keep pushing.”

A Renault segue zerada, apesar do excelente sétimo lugar de largada do alemão Nico Hulkenberg.

A McLaren também segue zerada, mesmo com Fernando Alonso conseguindo, por dois GPs, ficar na zona de pontos até que o bólido não aguentou, novamente.

A Sauber é outra sem nenhum ponto, mas isso já era esperado. Para o GP do Bahrein, o italiano Antonio Giovinazzi deixa o cockpit da suíça Sauber, volta ser o terceiro piloto da Scuderia Ferrari. Quem assume o volante do C36 é o alemão Pascal Wehrlein.

Kevin Magnussen não deu nenhum show, mas conquistou os primeiros pontos da Haas na Temporada. O dinamarquês cruzou a linha em quarto, enquanto o francês, Romain Grosjean, passou pela bandeirada final na décima primeira colocação. A equipe norte-americana agora tem 4 pontos.

Quem decepcionou foram a Williams e Felipe Massa que não se dão bem quando tem chuva. O brasileiro largou em sexto e cruzou a linha na décima quarta colocação.

A Force India e a Scuderia Toro Rosso seguem mais um GP nos pontos. As equipes seguem captando tentos enquanto seus adversários mostram-se incapazes de tal feito. Estão mais do que certos.

Fernando Alonso disse que guiou como um animal, agora resta saber se ficou igual a um touro nervoso ou um papa-léguas.

Melhor tempo:
Lewis Hamilton | Mercedes | 1’35.378

É isso. Até mais!
Circo da F1.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s