ARIGATÔ X OUI MONSIEUR

Honda e Renault não se enfrentam apenas no mercado mundial de venda de veículos. Depois de conquistar os primeiros pontos com ambos os bólidos no melhor fim de semana desta Temporada, no GP da Hungria, a Honda promete ir à caça da Renault na Classificação de Construtores.

hvsr

Respeitável Público do Circo da F1, o maior espetáculo das pistas vai começar.
No GP da Hungria, 11ª etapa da Temporada 2017 e última antes das tradicionais férias da categoria, a McLaren foi a grata surpresa, pois os ingleses conseguiram algumas proezas que vou listar aqui.

Tanto o bólido número 14 quanto o número 2 MCL32, conseguiram ir ao Q3.
Isso significa que Fernando Alonso anotou o tempo de 1:17.549, enquanto Stoffel Vandoorne marcou 1:17.894. Com estes tempos, Fernando largou na 8ª posição e Stoffel na .

E por mais que o motor Honda não tenha apresentado falhas, os pilotos queixaram-se da falta de potência dos propulsores japoneses. Ainda assim, na corrida, Fernando Alonso recebeu a bandeirada na 6ª posição e Stoffel Vandoorne na 10ª posição. Uma melhora significativa e um total de 9 pontos, sendo 8 para o espanhol e 1 para o belga.

E como se não bastasse, a melhor volta do GP da Hungria foi do McLaren MCL32 de número 14, que anotou o tempo de 1:20.182. para efeito de comparação, Sebastian Vettel, vencedor da corrida, fez seu giro mais veloz com o tempo de 1:20.807.

Mas qual a razão dos japoneses da Honda buscarem dar um passo tão alto quanto superar a Renault? Por algumas razões. São elas:
> Até aqui, apenas Nico Hulkenberg trouxe pontos à equipe. (Falei disso, veja)
> No GP húngaro, os franceses não conquistaram nenhum ponto.
> No Campeonato de Construtores, os franceses têm 26 pontos, enquanto os ingleses, equipados com o pior motor da Temporada, somam 11 pontos.
> Restam ainda 9 GPs para o fim do campeonato.

O otimismo é tanto que a seguinte frase foi dita:
Realmente, queremos avançar e superar a Renault em termos de desempenho antes do fim da temporada” – Yusuke HasegawaDiretor da Honda na F1.

A confiabilidade dos motores Honda melhorou, mas apenas em uma corrida, entretanto, a falta de potência ainda continua presente. Resta saber se o objetivo da Honda de superar a Renault vai acontecer ou será mais uma promessa de japonês para inglês ver.

É isso. Até mais!
Circo da F1.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s